Notícias

Abdib: CSS não terá impacto no mundo dos negócios

13/06/2008 | 25209 pessoas já leram esta notícia. | 4 usuário(s) ON-line nesta página

O presidente da Associação Brasileira da Infra-Estrutura e Indústria de Base (Abdib), Paulo Godoy, afirmou hoje que a Contribuição Social para a Saúde (CSS), se realmente for criada pelo Congresso, não terá impacto no mundo dos negócios, porque sua alíquota é de 0,1% sobre as transações financeiras. A proposta de criação da CSS foi aprovada pela Câmara dos Deputados e ainda terá que ser votada pelo Senado.

 

"Dez bilhões de reais (total da arrecadação anual prevista com a CSS) não é nenhuma enormidade perto da arrecadação tributária de hoje", afirmou Godoy, em entrevista ao sair do Ministério da Fazenda. Ele deixou claro que é contra a nova contribuição, mais pelo efeito psicológico do que pelo efeito técnico. "É mais pelo conceito de (a CSS) carregar o ônus de mais um tributo", explicou.

 

"Todo recurso para a Saúde é válido, mas temos que nos debruçar sobre a reforma tributária", acrescentou. Na avaliação do presidente da Abdib, é preciso acabar com a cumulatividade dos impostos e com o imposto em cascata.

Fonte Agência Estado