Notícias

Tarso diz que reforma política deve dominar discussões do primeiro semestre de 2009

07/11/2008 | 1408 pessoas já leram esta notícia. | 30 usuário(s) ON-line nesta página

O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse ontem (6) que a discussão em torno do projeto de reforma política deve ser o principal assunto político do primeiro semestre do ano que vem. Apesar de demonstrar confiança de que a reforma seja aprovada ainda no início de 2009, Tarso admitiu que será preciso "uma verdadeira engenharia política, jurídica e institucional” para obter os votos necessários no Congresso.

“Estou confiante de que esse vai ser o grande tema do primeiro semestre de 2009. Mas [para ser aprovada] os temas terão que ser tratados em separados e por isso serão formadas maiorias diferentes”, argumentou Tarso.

“Além disso, terá que haver uma tolerância do início de sua vigência para atrair o voto dos deputados que, eventualmente, possam ser prejudicados para as próximas eleições”, disse o ministro após a cerimônia de assinatura de convênio de cooperação na área de segurança pública entre o Brasil e a Alemanha.

Tarso Genro revelou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu um “comando político” para que todo o governo se empenhe na aprovação da proposta de reforma encaminhada pelo Executivo, ao receber de parlamentares da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul apoio à proposta de reforma política do governo.

“A reforma política é essencial diante do esgotamento do sistema político brasileiro, que ficou comprovado nessas eleições municipais”, afirmou Tarso.

 


Ivan Richard

Fonte Agência Brasil